Método Pomodoro: Veja como gerenciar seu tempo e ser mais produtivo 

método Pomodoro
Fonte: (Reprodução/Internet)

Para quem está trabalhando de Home Office ou precisa se concentrar em diversas tarefas ao mesmo tempo, o método Pomodoro pode ser extremamente útil para aumentar ainda mais a produtividade. 

Com as redes sociais e a quantidade enorme de distrações, muitas pessoas deixam as suas tarefas de lado e acabam procrastinando no dia a dia. 

Porém, de acordo com Francesco Cirillo, existe uma técnica capaz de aumentar a produtividade e deixar o cérebro menos cansado. Quer saber como aplicar? Então veja como funciona!

O nascimento do método Pomodoro

Foi Francesco Cirillo quem criou o chamado método Pomodoro. Na época de estudos na faculdade, o então estudante tinha o desejo de aumentar a produtividade no momento dos estudos. 

Então, começou a usar um relógio de cozinha, que tinha o formato de um tomate e que apitava de forma intensa ao completar 25 minutos. Desta forma, Francesco começou a usar uma técnica simples, mas eficaz. 

Durante os 25 minutos de tempo do relógio, ele se concentrava totalmente no que estava fazendo, dando 100% de foco aos estudos ou atividades realizadas. Assim que o apito do relógio tocava, ele dava uma pequena pausa. 

O criador do método começou a estudar desta forma na década de 80 e obteve resultados impressionantes. Desde então, começou a compartilhar a ideia, que chegou ao grande público no ano de 1992. 

método Pomodoro
Fonte: (Reprodução/Internet)

Vantagens

Quem tem o hábito de usar o método Pomodoro em seu dia a dia, pode perceber algumas características interessantes. Veja as vantagens em fazer uso da técnica: 

  • Capacidade de execução maior de tarefas no dia a dia; 
  • Diminuição do tempo necessário para a execução da lista de afazeres;
  • Foco maior; 
  • Absorção dos conteúdos estudados ou melhor execução de tarefas do dia a dia. 

Primeiro passo: lista de tarefas

Agora que você já sabe do que se trata o método Pomodoro, chegou a hora de executar as suas próprias tarefas. Não importa se for nos estudos ou em tarefas de trabalho, é possível aplicar em qualquer situação. 

Comece fazendo uma lista de tarefas pessoais que precisam ser executadas naquele dia. O ideal é que você possa preparar a sua lista de tarefas um dia antes da execução. 

A lista deve ser bem clara, com as tarefas bem explicadas. Veja algumas dicas importantes na hora de preparar a sua lista de tarefas: 

  • Comece pelo grau de dificuldade maior, visto que as primeiras atividades do dia são realizadas com mais facilidade pelo nosso cérebro;
  • Especifique a média de tempo utilizada em cada uma das tarefas do método Pomodoro;
  • Seja específico na sua lista de tarefas. Se você precisar estudar, mas não organizar os tópicos a serem estudados, com certeza perderá muito tempo. Então separe a lista de estudos por assuntos. O mesmo se aplica nas atividades do trabalho. 

Segundo passo: marcador de tempo 

O segundo passo para conseguir executar o método Pomodoro é por meio da utilização de um timer ou relógio. Você pode programar o seu celular para despertar ou pode usar outras ferramentas tecnológicas. 

O mais indicado é que você faça uso de aplicativos modernos que possuem uma programação específica para o método Pomodoro. Veja a seguir quais são os aplicativos que podem ser baixados de forma totalmente gratuita: 

  • Pomodoro Timer 
  • Focus timer: Método Pomodoro  
  • Tomato Timer 
  • Focus To-Do: Pomodoro Timer.

Todos os aplicativos descritos anteriormente podem ser baixados diretamente da loja de aplicativos do seu celular, basta digitar o título indicado. É importante ressaltar que o próprio usuário deve programar o tempo de foco e o tempo de pausa. 

Terceiro passo: execução das tarefas 

Depois de fazer a sua lista do método Pomodoro e providenciar um timer para programação do seu tempo, é momento de executar de forma correta:

  • Comece da seguinte forma: escolha a primeira tarefa da sua lista e dê um play no time escolhido. Durante os 25 minutos de tempo decorrentes, você deve fazer o máximo para se concentrar totalmente na atividade executada. 
  • É de suma importância que você tire as distrações e dê foco total à atividade. No começo, pode ser que você perceba o cérebro vagando, mas aos poucos você irá se adaptar, conseguindo manter sua atenção. 
  • Ao final dos 25 minutos de execução do trabalho, é momento de você dar uma pausa de 4 a 5 minutos. Você pode beber água, comer alguma coisa ou fazer um alongamento. 
  • Após o prazo de descanso, retorne para mais 25 minutos de estudo. Faça este processo até o quarto intervalo, que deve ser maior, de 15 minutos a 35 minutos. 
  • Assim que terminar o processo de 4 rodadas de 25 minutos e uma pausa maior, você deve recomeçar todo o processo, quantas vezes for necessário para executar toda a lista. 
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.