Como funciona a questão do pagamento das férias

Como Se Matricular Na Faculdade Pitágoras

Peguei férias e agora, como vou receber? Acalme-se pois aqui neste artigo, apresentaremos todas as questões relacionadas à suas férias.

Diversas pessoas ficam em dúvida em relação ao pagamento das férias, algo que é um direito de todos, como já previsto em lei.

As férias em questão, é um direito dos trabalhadores a cada 12 meses, e o período que lhe é disponibilizado, é de o máximo 30 dias.

Algumas pessoas solicitam a divisão de sus férias, mas essa questão e diversas outras, você encontra aqui neste artigo preparado pelo site Mais Educação.

Como funciona as férias de um trabalhador?

Você como trabalhador, com certeza já ficou ou ainda tem algumas dúvidas, relacionadas à suas férias, mas a partir daqui, você saberá todas as informações importantes sobre a mesma.

Como dito acima, ela é disponibilizada apena a cada 12 meses, no entanto, o mês exato em que ela será disponibilizada à você dependerá apenas do empregador.

Mas em alguns casos, tem como você negociar um tempo, que favorecerá não só você, mas o próprio.

Para aqueles que são menores de idade, existe a opção de tirarem suas ferias no mesmo mês em que acontecerão as férias escolares, mas isso irá de sua preferencia.

Há também a possibilidade de você fazer a divisão de suas férias.

Neste caso, é possível que saia por um período equivalente à 15 dias, e em outro momento do ano, como por exemplo no final, pode-se solicitar a outra parte de suas férias.

Antes que possamos falar a questão de seu salário, é importantes já ressaltarmos que independente do mês em que as férias começarem, como já dito em lei, de maneira nenhuma, o início dela não deve ser em algum domingo, feriado ou dias compensados.

Como funciona a questão do pagamento das férias do trabalhador

A maneira que você receberá o seu pagamento, obviamento mudará, já que você terá que sair por um breve período.

Supondo que você vai tirar férias no primeiro dia do mês julho.

O empregador, deverá lhe pagar o seu salário, mais um adicional de 1/3 do valor do mesmo.

Mas deve se atentar, já que uma porcentagem será retirada, para que possa ser adicionado ao seu INSS- Instituto Nacional do Seguro Social.

O pagamento na qual nos referimos, deve ser entregue a no máximo dois dias antes que saia, por determinado tempo.

Para que tudo fique mais claro, apresentaremos à seguir, um exemplo:

Salário mensal: 2.100,00

1/3 do salário: 700

Total: 2.800,00

Retirando 9%: 2.548

Então, este será o valor que receberá antes que fique de férias.

Se por acaso você tiver alguma hora extra pendente, este valor também será adicionado ao pagamento, juntamente com qualquer outra valor extra que possa ser contado.

As faltas atrapalham alguma coisa nas férias?

Sim! Se você falta várias vezes em seu serviço, e não apresenta nenhuma justificativa, como uma ida ao médico, comprovado por atestados, saiba que isso afetará.

A forma como isso lhe afetará será pelo período disponibilizado para as férias, mas para que tudo fique mais fácil de se entender, apresentaremos a seguir, um breve esquema:

Se faltar:

Até 5 dias, até 30 dias de férias.

De 6 à 14 dias, 24 dias de férias.

15 à 23 dias, 18 dias de férias.

De 24 à 32 dias, 12 dias de férias.

Acima de 32 dias, não será disponibilizado nenhum dia de férias. Por isso é bom entender o pagamento das férias.

E depois, como vou receber o meu salário?

Anteriormente dissemos que quando você vai sair de férias, é adicionado ao seu salário, uma pequena fração.

No entanto, este valor é adicionado somente se você quiser, já que ele é uma parte da remuneração mensal do mês em que estiver afastado.

Ou seja, quando voltar à sua rotina normal, não receberá o salário do mês anterior, por tanto, terá que esperar pelo dia em que normalmente recebe o valor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.